O conhecimento produzido pelo Instituto Ricardo Jorge é partilhado com instituições, profissionais e estudantes através de iniciativas de informação e divulgação científica.        

 

  • Data: 6 de novembro de 2017
    Duração: 7 horas
    Local: em Lisboa, no anfiteatro do Instituto Ricardo Jorge 
    Preço: inscrição gratuita mas limita ao número de vagas.
    Código: 2017DDI0631
    Data limite de inscrição: 30 de outubro de 2017
    Nº mínimo e máximo de formandos: 10 e lotação do anfiteatro
    Coordenação: Sofia Núncio

    Sumário
    Anualmente, a Unidade de Resposta a Emergências e Biopreparação (UREB), organiza workshops temáticos que têm como objetivo contribuir para a disseminação de uma cultura de Biosafety & Biosecurity associada aos laboratórios de Microbiologia. A iniciativa destina-se a técnicos e investigadores, sobretudo aos responsáveis por laboratórios de microbiologia, que contactam diariamente com o risco biológico associado ao manuseamento de microrganismos. Contudo, qualquer profissional de saúde ou que esteja ligado ao ramo da microbiologia e/ou da segurança e higiene do trabalho terá interesse em participar.

    Consulte o programa  |  Pré-inscrição 

  • Data: 10 de outubro de 2017
    Local: em Lisboa, nas instalações do Instituto Ricardo Jorge; no Porto (por videoconferência), no Centro de Saúde Pública Doutor Gonçalves Ferreira (ver localização)
    Duração: 5 horas
    Data limite: 30 de setembro de 2017
    Preço: inscrição gratuita mas sujeita a registo prévio e limitada ao nº de vagas.
    Coordenação: Raquel Guiomar

    Sumário
    A Gripe é uma doença respiratória sazonal que afeta todos os invernos a população portuguesa, com especial importância os grupos dos mais jovens e idosos e portadores de doença crónica podendo originar complicações que conduzam ao internamento hospitalar. A 6ª Reunião da Vigilância Epidemiológica da Gripe é promovida pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge em colaboração com a Direção Geral da Saúde. Tem como objetivos divulgar análise dos dados da época de gripe de 2016/2017, fortalecer a comunicação entre todos os interessados nas questões da vigilância epidemiológica da gripe e no Programa Nacional de Vigilância da Gripe, contribuindo para a melhoria contínua nas suas múltiplas vertentes. 

    A vigilância da gripe a nível nacional é suportada pelo Programa Nacional de Vigilância da Gripe (PNVG) que tem como objetivos: a recolha, análise e disseminação da informação sobre a atividade gripal; a identificação e caracterização dos vírus da gripe em circulação em cada época; a identificação de vírus emergentes com potencial pandémico e que constituam um risco para a saúde pública. Para a vigilância laboratorial de casos mais graves de doença respiratória tem contribuído desde 2009 a Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Infeção pelo Vírus da Gripe, que conta atualmente com 17 laboratórios hospitalares. A 10ª Reunião da Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe tem como destinatários um grupo restrito de profissionais de saúde que integram a Rede Laboratorial e decorrerá a 9 de outubro nas instalações do INSA de acordo com o programa a divulgar oportunamente.

    Consulte o programa |  Registo em Lisboa  (anfiteatro do INSA) |  Registo no Porto (vídeoconferência)

  • Data: 21 de setembro de 2017
    Duração: 7 horas
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
    Inscrição: €50 na inscrição até 31 de julho; €60 entre 1 de agosto até 7 de setembro.
    Condições especiais: para sócios da APN e estudantes, €15 na inscrição até 30 de julho e €20 entre 1 de agosto e 7 de setembro.  
    Código: 2017DAN
    Coordenação: Ana Teresa Sanches Silva

    Sumário
    O simpósio “Promoção de uma Alimentação Saudável e Segura” é organizado anualmente pelo departamento de Alimentação e Nutrição do Instituto Ricardo Jorge. Em 2017, é dedicado à temática “Do Nutriente à Embalagem - Inovação e Desafios”. Pretende-se que seja um evento de interesse para todos os profissionais discutirem as suas diferentes perspetivas enquanto elementos fundamentais na promoção de uma alimentação saudável e segura. Destina-se a profissionais de saúde e do setor alimentar, estudantes, indústria e comunidade científica. Serão abordados tópicos relacionados com a composição nutricional e segurança dos alimentos embalados; a eficácia e segurança das embalagens convencionais e sustentáveis e a “ponte” entre a escala laboratorial e industrial no sector alimentar.

    Consulte o programa |  Flyer  Submissão de resumos - guidelines  |  Pré-inscrição  

  • Data: 29 de junho de 2017
    Local: em Lisboa, nas instalações do Instituto Ricardo Jorge
    Duração: 6 horas
    Inscrição: gratuita mas sujeita a inscrição prévia e condicionada pelo nº de lugares disponíveis.
    Data limite de inscrição: 16 de junho 
    Código: 2017DDI0934
    Coordenação: Sofia Núncio

    Sumário
    Tem como finalidade a partilha de conhecimentos e de experiências entre profissionais de  várias entidades envolvidas em procedimentos operacionaisde intervenção em situações de origem Nuclear, Radiológica, Biológica e Química (NRBQ). 

    Consulte o programa privisorio  |  Inscrição  

  • Data: 26 de maio de 2017
    Duração: 6 horas
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
    Inscrição: 100€ para não participantes no PNAEQ (Areias); gratuito para participantes no PNAEQ (Areias).
    Data limite de inscrição: 12 de maio de 2017
    Código
    Coordenação: João Brandão
    Nº mínimo e máximo de formandos: 5 e 20 participantes
    Limite de submissão de resumos de comunicações: 1 de abril de 2017

    Sumário
    A qualidade ambiental das praias tem vindo a adquirir uma importância crescente entre os critérios de escolha de destino turístico. Apesar de, nos últimos anos, a legislação ter evoluído no sentido do ordenamento da zona costeira e do tratamento de águas residuais, a qualidade da água balnear é o único indicador da qualidade relacionado com a saúde pública que pode permitir aos utentes uma escolha orientada. Portugal é o primeiro país com um programa de monitorização de qualidade de areias, desenvolvendo ainda atividades de investigação a vários níveis que o permitam melhorar. Outros países avaliam técnicas de determinação de fontes de contaminação de águas de recreio, incluindo areias adjacentes e pesquisa de agentes etiológicos não monitorizados pelas legislações em vigor. Assim, há que concertar esforços no sentido de se monitorizar o risco para a saúde em tempo tão útil quanto possível, bem como reavaliar indicadores e seus limites de aceitação, mantendo a liderança desta atividade. Na sequência do Microareias 2012, em que foi feita uma reavaliação dos parâmetros interessantes para este tipo de análise, e numa fase em que internacionalmente se programam atividades técnico-científicas concertadas, foi montado um esquema de avaliação inter laboratorial com laboratórios pioneiros nacionais. Em 2017, será discutido o programa já implementado aos laboratórios atualmente participantes, aberto a laboratórios candidatos e profissionais interessados onde será feita uma atualização de conhecimentos e situação internacional. 

    Se pretende apresentar uma comunicação, por favor, indique até ao dia 31 de março.

    Consulte o programa  (brevemente disponível) |  Pré-inscrição  (brevemente disponível)

Ignorar Calendário

Calendário

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
Hoje domingo, 22 outubro 22 23 24 25 26 27 28
29 30 31