O conhecimento produzido pelo Instituto Ricardo Jorge é partilhado com instituições, profissionais e estudantes através de iniciativas de informação e divulgação científica.        

 

  • Data: 29 de junho de 2017
    Local: em Lisboa, nas instalações do Instituto Ricardo Jorge
    Duração: 6 horas
    Inscrição: gratuita mas sujeita a inscrição prévia e condicionada pelo nº de lugares disponíveis.
    Data limite de inscrição: 16 de junho 
    Código: 2017DDI0934
    Coordenação: Sofia Núncio

    Sumário
    Tem como finalidade a partilha de conhecimentos e de experiências entre profissionais de  várias entidades envolvidas em procedimentos operacionaisde intervenção em situações de origem Nuclear, Radiológica, Biológica e Química (NRBQ). 

    Consulte o programa privisorio  |  Inscrição  

  • Data: 21 de setembro de 2017
    Duração: 7 horas
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
    Inscrição: €50 na inscrição até 31 de julho; €60 entre 1 de agosto até 7 de setembro.
    Condições especiais: para sócios da APN e estudantes, €15 na inscrição até 30 de julho e €20 entre 1 de agosto e 7 de setembro.  
    Código: 2017DAN
    Coordenação: Ana Teresa Sanches Silva

    Sumário
    O simpósio “Promoção de uma Alimentação Saudável e Segura” é organizado anualmente pelo departamento de Alimentação e Nutrição do Instituto Ricardo Jorge. Em 2017, é dedicado à temática “Do Nutriente à Embalagem - Inovação e Desafios”. Pretende-se que seja um evento de interesse para todos os profissionais discutirem as suas diferentes perspetivas enquanto elementos fundamentais na promoção de uma alimentação saudável e segura. Destina-se a profissionais de saúde e do setor alimentar, estudantes, indústria e comunidade científica. Serão abordados tópicos relacionados com a composição nutricional e segurança dos alimentos embalados; a eficácia e segurança das embalagens convencionais e sustentáveis e a “ponte” entre a escala laboratorial e industrial no sector alimentar.

    Consulte o programa |  Flyer  Submissão de resumos - guidelines  |  Pré-inscrição  

  • Data: 26 de maio de 2017
    Duração: 6 horas
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
    Inscrição: 100€ para não participantes no PNAEQ (Areias); gratuito para participantes no PNAEQ (Areias).
    Data limite de inscrição: 12 de maio de 2017
    Código
    Coordenação: João Brandão
    Nº mínimo e máximo de formandos: 5 e 20 participantes
    Limite de submissão de resumos de comunicações: 1 de abril de 2017

    Sumário
    A qualidade ambiental das praias tem vindo a adquirir uma importância crescente entre os critérios de escolha de destino turístico. Apesar de, nos últimos anos, a legislação ter evoluído no sentido do ordenamento da zona costeira e do tratamento de águas residuais, a qualidade da água balnear é o único indicador da qualidade relacionado com a saúde pública que pode permitir aos utentes uma escolha orientada. Portugal é o primeiro país com um programa de monitorização de qualidade de areias, desenvolvendo ainda atividades de investigação a vários níveis que o permitam melhorar. Outros países avaliam técnicas de determinação de fontes de contaminação de águas de recreio, incluindo areias adjacentes e pesquisa de agentes etiológicos não monitorizados pelas legislações em vigor. Assim, há que concertar esforços no sentido de se monitorizar o risco para a saúde em tempo tão útil quanto possível, bem como reavaliar indicadores e seus limites de aceitação, mantendo a liderança desta atividade. Na sequência do Microareias 2012, em que foi feita uma reavaliação dos parâmetros interessantes para este tipo de análise, e numa fase em que internacionalmente se programam atividades técnico-científicas concertadas, foi montado um esquema de avaliação inter laboratorial com laboratórios pioneiros nacionais. Em 2017, será discutido o programa já implementado aos laboratórios atualmente participantes, aberto a laboratórios candidatos e profissionais interessados onde será feita uma atualização de conhecimentos e situação internacional. 

    Se pretende apresentar uma comunicação, por favor, indique até ao dia 31 de março.

    Consulte o programa  (brevemente disponível) |  Pré-inscrição  (brevemente disponível)

  • Data: 21 de novembro de 2017
    Duração: 12 horas
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa.
    Preço da inscrição: €30
    Condições especiais: €15 para estudantes, membros PortFIR e entidades com contratos ou protocolos de colaboração com o INSA/DAN
    Data limite de inscrição: 10 de novembro de 2017
    Código: 2017DAN0338
    Coordenação: Isabel Castanheira
    Nº mínimo e máximo de formandos: vagas condicionadas aos lugares disponíveis no anfiteatro.

    Sumário
    O iodo é um elemento vestigial essencial na dieta humana com uma importância nutricional bem estabelecida. É indispensável para a síntese das hormonas da tiroide, tiroxina e triiodotironina, e o seu principal papel está relacionado com o crescimento e desenvolvimento dos órgãos, em particular, do cérebro. A fonte natural de iodo são os alimentos. A deficiência crónica de iodo pode levar a distúrbios que incluem alterações cognitivas com diminuição das capacidades de aprendizagem, bócio, mortalidade infantil e hipotiroidismo. O objetivo desta iniciativa é divulgar e refletir sobre o trabalho feito em Portugal incluindo as diferentes abordagens de monitorização que prosseguem as recomendações da OMS. 

    Consulte o programa (brevemente disponível)  |  Pré-inscrição

  • Data: 9 de novembro de 2017
    Duração: 6h
    Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
    Preço da inscrição: inscrição gratuita mas sujeita a registo prévio
    Data limite de inscrição: 27 de outubro de 2017
    Código: 2017DDI1141
    Nº de formandos: lotação do anfiteatro
    Coordenação: Maria João Simões

    Sumário 
    O Dia Mundial da Tuberculose (TB) assinala o aniversário da descoberta do bacilo da tuberculose, em 24 de Março de 1882, pelo Dr. Robert Koch que desta forma ofereceu ao mundo a primeira oportunidade de lutar contra um dos maiores flagelos da humanidade. Passados 131 anos, a TB continua a ser um problema global, afetando milhões de pessoas e sem controlo em muitos países. Apesar de Portugal ser o país da Europa Ocidental com maior incidência de TB, e onde a toxicodependência e infeção VIH/SIDA têm maior expressão, tem-se assistido a uma tendência favorável com um declínio consistente do número de casos durante a última década. Contudo, a TB multirresistente e extensivamente resistente (MR/XDR) tem ainda uma forte expressão no nosso país, motivo pelo qual deve constituir uma prioridade máxima do programa de controlo.

    Consulte o programa  (brevemente disponível) |  Registo (brevemente disponível)

Ignorar Calendário

Calendário

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 Hoje terça-feira, 27 junho 27 28 29 30